maktub

eu não consigo sem você, ficar distante é tão ruim


961 reblog
Quero namorar com você. Quero passar por aquela fase de borboletas no estômago, pernas bambas e coração acelerado cada vez que você chegar perto de me beijar. Quero aquele olhar, olhos brilhando, alegria exposta. Quero te mandar bilhetes românticos, sejam escritos no guardanapo ou na capa de um caderno seu. Quero te dar presente de dias dos namorado e de anos de namoro. Quero sair para passear, jantares românticos, passeios engraçados e até os chatos. Quero ir em uma exposição de arte moderna, não entender porque tem um ponto azul no meio do quadro e rir quando perceber que você também não entende. Quero ir ao cinema, teatro, assistir filmes em casa, com ou sem pipoca, do jeito que for, vai ser ótimo, porque vai ser com você. Quero brigar com você pra pagar a conta. Quero ir a um parque de diversão, te beijar no topo da roda gigante, dividir um algodão doce e ganhar um urso de pelúcia grande, depois de muitas tentativas em um barraquinha com aqueles jogos que nunca vi ninguém ganhar. Quero assistir desenhos animados antigos com você. Quero que você peça para meus pais para dormir aqui em casa - mas que seja de porta aberta. Quero deitar no seu peito e pegar no sono enquanto você canta uma música qualquer, que vai virar a nossa música. Quero passar os feriados com você. Quero ir para a praia, correr com você na areia, sentir você me pegar no colo e me jogar no mar. Quero voltar para a casa molhada depois de um dia em um sítio de algum amigo seu, com o cabelo cheirando a churrasco e contando como ri de uma piada qualquer. Quero escutar o som da sua risada com as besteiras. Quero dormir com você em um dia de chuva, quando estiver trovejando e sentir você me abraçar enquanto me encolho com medo de uma tempestade. Quero ver o seu sorriso quando acordar ao meu lado e ver meu cabelo bagunça e meu rosto amassado. Quero brincar com você, aquelas brincadeiras de crianças só para passar o tempo. Quero conhecer toda sua família e espero que eles me aceitem, do mesmo jeito que você me aceitou. Quero um jantar com as nossas famílias unidas e uma grande bagunça. Quero colocar o pé em cima da sua perna quando estiver cansada e ouvir você me chamando folgada. Quero mostrar a língua para você quando fizer algo bobo. Quero que a gente não seja um casal muito sério, mas também que não sejamos um casal muito brincalhão, se conseguirmos manter o meio termo, por um dia sequer, já está bom. Quero tirar fotos engraçadas e também aquelas que arranquem suspiros quando eu parar para rever. Quero falar de você para minhas amigas e que a maioria delas goste de você e digam que “esse é o cara que você tanto esperou”, não que eu precise da aprovação delas, mas porque seria algo engraçado, elas concordarem comigo. Quero escutar músicas calmas, românticas e até aquelas melosas e lembrar de você. Quero pensar em você antes de dormir e quando acordar. Quero que depois de uma briga, venha uma conversa e por favor, vamos evitar gritaria e ofensa? Isso só faz mal para um relacionamento, conversando a gente se resolve. Quero ter algo que me lembre você diariamente, não precisa ser um anel de compromisso ou algo assim, claro que não, mas pode ser uma pulseira, colar, qualquer coisa, que tenha um significado especial para nós. Quero falar com você pelo telefone, celular, mensagem. Quero contar as horas para te ver. Quero chegar mais cedo em um encontro, só porque estarei ansiosa o suficiente para não conseguir esperar em casa. Quero que tenhamos confiança um no outro. Quero ciúmes saudável. Quero preocupação. Quero que nos dias de estresse você possas desabafar comigo. Quero que a gente fique algumas horas sem se falar, mas que não passe disso. Quero que as lágrimas sejam de felicidade e as de tristeza que sejam substituídas logo por sorrisos. Quero um namoro sem pausas, sem tempos, sem pontos finais, sem vírgulas. Quero um namoro contínuo e muita reticência. Quero alegria, amor e muita felicidade. Quero usar frases clichês, aliás, aceito qualquer clichê romântico se for com você. Quero escrever textos, como este, para você. Mas, claro, não quero um namoro perfeito, digno de um romance do Nicholas Sparks, quero realidade e sei que a realidade, na maior parte das vezes, não é um mar de rosas, vão existir problemas, tropeços, voltas, lágrimas, brigas, querendo ou não, isso é algo que acompanha qualquer casal e não tem como fugir, vamos ter dias ruins, péssimos, vamos ter dias irritados, vamos ter dias que o brilho não irá acompanhar o nosso olhar, mas quero que nesses dias, principalmente, a gente se lembre de tudo isso, de todos os clichês, de todos os “quero”, de todos os “eu te amo” e que tudo seja superado, quero superação, porque é isso que um casal tem que fazer para dar certo, quero te ajudar, estar ao seu lado na alegria e na tristeza, quero que algo que eu diga faça o seu dia melhorar. Quero que você queira que eu fique, mesmo quando está com vontade de se isolar do mundo. Quero que você pense que acho possível fazer tudo isso, se for com você. Quero que a cada dia a gente possa aprender algo novo sobre nós mesmos olhando para o outro. E ai, você quer também?Let me love you?  (via acerejais)

211 reblog
Amor, veja bem, arranjei alguém, chamado “saudade”. — Los Hermanos.  (via acerejais)

Sem essa bobagem de características das mais lindas do mundo. Ela era ela. Isso bastou para ser amor. — Dois tons de amor (via doistonsdeamor)

Ela é exatamente como os seus livros: transmite uma sensação estranha, de uma sabedoria e uma amargura impressionantes. É lenta e quase não fala. Tem olhos hipnóticos, quase diabólicos. E a gente sente que ela não espera mais nada de nada nem de ninguém, que está absolutamente sozinha e numa altura tal que ninguém jamais conseguiria alcançá-la. Muita gente deve achá-la antipaticíssima, mas eu achei linda, profunda, estranha, perigosa. É impossível sentir-se à vontade perto dela, não porque sua presença seja desagradável, mas porque a gente pressente que ela está sempre sabendo exatamente o que se passa ao seu redor. Talvez eu esteja fantasiando, sei lá. Mas a impressão foi fortíssima, nunca ninguém tinha me perturbado tanto. Acho que mesmo que ela não fosse Clarice Lispector eu sentiria a mesma coisa. — Caio Fernando de Abreu sobre Clarice Lispector. (via desaguas)

Não sou esnobe… Eu simplesmente não estou interessado no que a maioria das pessoas tem pra dizer, ou no que elas desejam fazer - principalmente com o meu tempo. — Charles Bukowski.     (via acerejais)